Vida Subtraída

Acordei perdida
Refletindo sobre a vida
Vida que foi esculpida
Dentro de uma ferida
Ferida que não cicatriza
Causada por bebida
Infeliz o alcoolismo
Não tem jeito de sair
Destrói uma alegria
Parece que vai sucumbir
Pai de família que bebe
Filho vê tristeza surgir
Subtrai a infância vivida
Parece que vai explodir
Eu moça jovem
Foi lançada a má sorte
Gosto da vida mas penso na morte
No começo , muita satisfação
Os anos se passaram, roubou minha emoção
Meu esposo, vive em um mundo inebriante
Meu futuro, era brilhante
Vivo sem esperança
De um dia ver a bonança
Tornar ao convívio inocente
Ver o mundo,com olhar de criança
Dói só de pensar
Que rumo essa história vai tomar
Resta a esperança
De  iniciar outra vida
Pois a vida passada, me foi subtraída......