o passado

loadingVida complexa de muitos eixos
Vida profana de muitos beijos
Lambada de  confusão
Muita complexidade e pouca razão
Tudo é complexo
Até mudam o sexo
O amor ficou  virtual
Tanta  loucura , nada real
A convivência  ficou banal
O afeto foi morar no matagal
Escondeu-se a  pureza
Em  traço marginal
O corpo blindado
Inatingível o coração
Perdeu-se a ternura
Fixou-se a confusão
Tanta complexidade,
Nenhuma compreensão
No meio dessa ciranda,  de pouca imaginação
A complexidade, anulou a verdade
Matou a  saudade
Ninguém quer  amar
Ninguém cria  forma diferente de beijar
Tudo é  complicado
Não fala-se mais em namorado
Acabou-se o encantado
A vida rola nesse emaranhado.......