Dragão

Dragão de fogos ardentes e valentes,
dragão , com garras imensas, não sabemos o que pensa,
são fortes e alçam altos rasantes,, dragão que arrasa em seus semblantes,
Veloz, nada de algoz de outrem, dragão , inimigo de seu embaraço,
pois a valentia que o impulsiona o faz refém de seu espaço, dragão de aço,pele fosca e olhos grandes,
Dragão, que jorra fogo pela boca, passeia pelos andes,
Dragão o fogo que destila, ensaia a própria vida,
não tem vontade de chegar e nem hora para partida.
Dragão violento e guerreiro,
conquistou um espaço aventureiro,
dragão de mim ,meu espetáculo rotineiro,
dragão da fúria estendida, dragão da própria vida....

Dança

Dança
Dança livre esse corpo,
exorto meus ouvidos,
ouça apenas o permitido,
Dança louca de vontades,
vorazes de velocidade,
dança de movimentos atrevidos,
liberta meus sentidos,
Dança de ilusões em orquestra,
dança meu corpo em festa,
ele te espera pela fresta,
prepara o toque que embala,
dança que canta e fala,
dança meus elementos internos,
meus sons saem ternos,
em busca desse corpo
dança muito, ou dança pouco,
continuo o movimento,
dança esse corpo em alento,
até então em desatento,
mas agora , com fomento,
Nessa dança a impulsar,
minha alegria instar,
dança com toques de intento,,
dança corpo sem parar.......

Animal,,

Teu cheiro é irresistível
Me sinto meio animal
Devassa, mesmo...
Mulher quase irracional

Desejo te tocar
Essa pele tão gostosa
Beijar e morder
Teus lábios cor-de-rosa

Suor escorrendo no corpo
Frenéticos sem parar
Gemidos de um e do outro
Vontade de gritar

Meus dedos em tua boca
Teu amor em minha mão
Você já quase louco
Meu corpo em erupção

Eu quero explodir
Ir junto com você
Não quero mais sair
De dentro do teu ser

Depois... cheiro gostoso
Olhares apaixonados
Curtimos nosso gozo
E dormimos abraçados

Comunhão

Você ajeita o cabelo em desalinho;
Eu, beijo seus lábios com carinho...

Conseguimos mitigar nossos desejos,
Acalmar, de nossos corpos, a paixão;
Abafei, seus gemidos, só com beijos;
Prolongando meu prazer? A sua mão...

Dia após dia, reacendemos o nosso fogo,
Trocando nossos corpos sem compaixão;
Fazer amor, para nós dois, é só um jogo,
E nosso sexo não é pecado: é comunhão!
****

Saliva que Corta

Encosta a velha porta
ressucita minha alma morta
deitando nessa cama torta
com sua saliva que corta
tiro a roupa que te cobre
desfila seu ar de homem nobre
deixa a luz baixa.....
liberta seu fetish da caixa
enquanto meu corpo no seu encaixa,

Loucos de Tesão

Eu gosto de te ver dormindo
Depois do amor
Ouvir o som do teu silêncio
Atravesar as janelas do teu pensamento.

Sonhando acordado...
Num canto, mimado!
Andando por aí, parado!
Perplexo, agitado...

E essa mistura de cheiros no ar
Que me deixa louca e fica difícil segurar
Meu corpo estremece, não sei o que fazer
Preciso dormir, mas o que eu quero mesmo é acordar você

Pra te fazer sentir
Vontade de me ter
Eu vou te possuir
Teu corpo vai tremer!

Gotas de suor...
Cabelos molhados...
Hálito de amor...
Braços amarrados...

Roupas pelo chão...
No ventilador...
Loucos de tesão...
Loucos de amor.

Te terei

Eu te terei,
Ao meu dispor,
À minha maneira:
Por uma hora,
Por um dia,
A vida inteira...

Eu te terei,
De qualquer jeito,
Pelos meus meios:
Terei tua boca,
Terei teu corpo,
Terei teu sopro...
Eu te terei,
Quando eu quiser,
Na hora exigida:
Terei teus lábios,
Terei teu sexo,
Terei tua vida...
****