Dedos Mágicos

Dedos Mágicos" Dedilhando os ilhós de nós,
tocando com os olhos estivemos sós,
Noite de encantos e dedos mágicos,
A flauta que assobiava, cantava sons pálidos,
sensações imutáveis de amor maduro,
recheado de encantos seguros,
Dedilhando as notas de jasmim,
descobrimos as delícias de carmim,
Capim dourado, plenitude de mim,
Toques de revelações plenas,
amor desabrochando em notas de avenas,
Dedos mágicos, transformação plena,
Segurando as lágrimas que despencava,
dedos que enxugavam,
Nada iguala-se a esse amor,
Dedos de suavidade como a flor,
Indeléveis momentos de condor,
recanto escondido de prazer e dor,
Dedos mágicos, suavizando mágoas de horror,
Amante de nós, som e voz de clamor,
Clemência de beijos extravasando ninhos,
dedos de acomodação e carinhos ,

Dedos Mágicos

Dedos Mágicos" Dedilhando os ilhós de nós,
tocando com os olhos estivemos sós,
Noite de encantos e dedos mágicos,
A flauta que assobiava, cantava sons pálidos,
sensações imutáveis de amor maduro,
recheado de encantos seguros,
Dedilhando as notas de jasmim,
descobrimos as delícias de carmim,
Capim dourado, plenitude de mim,
Toques de revelações plenas,
amor desabrochando em notas de avenas,
Dedos mágicos, transformação plena,
Segurando as lágrimas que despencava,
dedos que enxugavam,
Nada iguala-se a esse amor,
Dedos de suavidade como a flor,
Indeléveis momentos de condor,
recanto escondido de prazer e dor,
Dedos mágicos, suavizando mágoas de horror,
Amante de nós, som e voz de clamor,
Clemência de beijos extravasando ninhos,
dedos de acomodação e carinhos ,

Antes

Nada está como antes,
Antes, antigas e mortas emoções,
Passado de reações adormecidas,
estado letárgico de memórias sofridas,
Hoje, frestas de sensações floridas,
O agora revela alegria escancarada,
em um semblante com magia de fadas,
Antes, nada como hoje,
modificação categórica, 
alegoria de sonhos medonhos,
Antes, morte aparente com aspectos sobreviventes,
Hoje, realização de um novo ser,
Resgate de lembranças contidas,
Nada está como antes, 
O céu azul e o sol brilhante,
sol com raios penetrantes,..
Renovação inteira de um ser,
Hoje, alegria de bem viver...

José

José " Eis um belo homem, 
traços de pura grandeza,
alma de encantos e nobrezas,
José, cuja etimologia, significa, homem de fé,
Contornos espirituais definidos,
encanta a todos com talhos sensitivos,
Sensibilidade é uma reação ,
traduz a hospitalidade de seu coração,
Recebe todos com poesia e erudição,
Talvez uma uma fala amena,
arrefecendo os sons de forma serena,
Humildade é virtude que catena,
Encadeando -se em sucessivos atos de encantos,
José, resolve prantos,
Mitiga tristezas embutidas,
Descobre riquezas escondidas,
Faz da prosa um grande verso,
lastreando o amar em vários universos,.
Que a noite seja repleta de reversos,
Sua mente, um centro de reações,
revivendo momentos de doçura e percepções,
Veja que a noite contamina o mundo ,
Inundando o rio que desaguá em nós,
Deixe ressoar a voz,
José , simplesmente lindo e maravilhoso,
Bela seja sua noite,,,
imprima um toque especial ,
Durma pensando naquele sonho real....

Renite

Renite "Renite que instala ,
abala o casal que estrala,
Beijos e carinhos que embala,
Renite e seus incômodos noturnos,
um espirro e muitos afagos diurnos,
tudo é uma justificativa, que embaça,
para o aconchego que enlaça,
Desde os toques matinais,
aos espirros conjugais,
Falta de ar sufocante,
renite e seus efeitos periclitantes,
Mal ou bem, o que importa,
renite e seus aportes complicados,
depois do verso, o pecado,
Renite pura e simplesmente,
apenas o suficiente,
Parece não ter fim,
para isso o Naridrin,
Renite aqui e ali
estremecendo os sonhos ,
enfurecendo o sofrido ,
para isso, nada de comprimido,
Renite alérgica ou não,
acelerando o coração,
Renite impregnada,
tem um lado poético,
Ambiente eclético de ais,
renite e seus anais,
Dá até para compilar,
doces encantos pulsionar,
Renite de um ser especial,
querelas em tom magistral,
Renite e renite, ondas de frio e calor,
Renite , dominando o amor,,
Renite enfeixando o saber
Na cama a solidez profunda do ser, 
Renite, faz tempo que convivo com você!!!

Rodoviária...

Rodoviária " Pista dupla e de muitas idas,
carros em praças e avenidas,
Rodoviária, visão perdida,,
Tudo fora do lugar,
eixo sul e norte e nada de chegar,
Rodoviária, fora do caminho,
lugar extravagante em desalinho, 
Com linhas isoladas,
Rodoviária de chegadas,
Susto na entrada,
Precipício de lamentações,
rodoviária e seus senões,
Perdida entre as multidões,
pessoas circulando com seus montantes,
cena de um ato extravagante,
Entrada inapropriada,,,
eis uma brecada,
e estabeleceu-se a enroscada..
Motorista , um tanto exaltado,
mas , acredito nesse pobre coitado!!!
Rodoviária de brocardos ,
de fadas e fados,
Rodoviária da espera incessante,
de traje elegante,
Rodoviária, centro das atenções ofegantes,
Cansaço das horas pulsantes,
Isolada em um mero quadrante,
Marco inicial fuzilante...
rsrs..

Pimenta

Pimenta" Gostos definidos,
só com toques ardidos,
Pimenta que caiu demais,
coloriu o prato com ais,
Ai daqui e dali,
pimenta ardida nunca vi!!!
Pimenta, adoro saborear,
seu teor picante pude notar,
Ardida em exageros,
pimenta de momentos campineiros,
Onde a vida tem toques brejeiros,
Pimenta para todo querer,
mas aquela foi de arder!!
Pimenta poética e apaixonada
dividindo a mesa desarrumada,
Nem o prato estava certo,
torto em desalinho , a ponto de intervenção,
A moça que servia , fez um a indagação..
Coloque o suporte ou o prato cairá ao chão,
Pimenta para rir para chorar,
Doses comedidas de bem estar..............
escrito

Amor louco

Quero te acercar de mim, acariciar sua pele...
Quero sentir o perfume que vem de você
quando nos amarmos,
Quero ouvir sua voz baixinho em meus ouvidos,
E ficar assim, abraçada a você, na penumbra...
E falar de nossos sentimentos, de nossas emoções,
E deixar que nossas mãos nos explorem,
nos toquem...

Quero deixar a pele arrepiada lentamente
substituindo a calma pelo desejo...
Quero sentir o toque dos seus lábios
em minha orelha.
E esse seu jeito gostoso
Quando você chega, com saudade...
Quero te tocar devagarzinho,
te excitar, nos sentir
Quero te afagar inteiro e ao mesmo tempo
um só pedacinho....
Quero te profanar e violar seu desejo,
seu corpo
Quero que você se doe numa entrega total,
louco, apaixonado.
Depois quero a paz e a calma,
com cheiro de manhã de primavera,
E enquanto descansamos num abraço,
Quero seu beijo, calmo.... quente...
uma carícia terna, um olhar...
Quero conhecer seus mistérios,
sua alma, seu coração...
Quero te envolver, me aproximar...
Quero dizer numa voz baixa, rouca...
Eu amo você, paixão...