Punição

Punição, só para ladrão,
aquele que usa violência com o coração,
rouba sentidos, amargura os ouvidos, pura decepção
Ilude, depois joga de escanteio, te coloca de lado e no meio
Punição maior, fizestes comigo, foi meu amante , deixou de ser amigo,
Amante , por alguns minutos, o tempo expirou, o som ficou mudo,
por um instante acreditei em seu decisão, mas fraquejou, ficou surdo,
te chamei várias vezes, esvaneceu, perdeu, saiu
agora a punição é auto flagelo, não quis, partiu,
Vontade de resgatar o que se foi, mas ..sumiu,
Deixemos a punição reservada para os infratores,
eles sim, são destemidos, se põem a enfrentar perigo, encorajadores,
Sofrem a pena, pois violaram as normas,foram transgressores,
No amor, a única punição é não amar,
sentir medo de tudo, até de um simples olhar,
cultivar a distância e nunca se aproximar,
Maior punição é deixar o tempo apagar,
aquilo que foi lindo e podia aflorar,

Tragédia Acadêmica

Essa é para a turma do noturno,houve sessão de terror?
infelizmente não pude aplicar a prova, mas fiquei sabendo do horror,
Mas, pensando bem, nada foi tão ruim, pois a prova aplicada foi um jardim !,
Florido estavam os códigos, muito artigo do começo ao fim
Afinal, o tema é pouco complicado, trata do processo cautelar, tudo com fim diferenciado,
O exercício da verdadeira jurisdição, aqui fica postergado,
é no processo de conhecimento, que encontramos seu chamado,
Queridos exegetas do direito, aposto que fizeram corretamente o explorado,
São alunos que reclamam de tudo, desde as notas ao perfume exalado,
Mas, fica aqui reforçado, o quanto os admiro,
passaram uma sessão de horror, sem dar um suspiro!!
Contem essa história de forma correta, ou foram bem ou perderam a meta,
Espero que apenas tenham se perdido nos rumos traçados, pois nas notas , serão agraciados,
Não por mim, mas por si próprios, pois quem continuar chateado.
Lamentavelmente, continuará aprisionado,
Liberte as amarras de que existem provas complicadas,
mas todos foram capazes, de resolver essa

Que prova difícil!

Hoje pela manhã, quando adentrei a Faculdade,
todos em estado de pânico, parecia um episódio de maldade!
Acontece que, os alunos, mal tatearam a prova, e começaram a indagar,
professora: todos vamos afundar!
Não pensem assim, êxito irão lograr,
mesmo diante da complexidade das questões,
antes da leitura dos textos, muitas indagações!!
O aluno Bruno, pegou o celular,e de cá falou, Dr????
ligou para meu querido pai, que já foi promotor e professor
e disse que nem GPS conseguiria dar um rumo na prova, pura dor,
sofrimento , e suspiros de agonia, a turma estava com horror!
Mas ao ler atentamento as perguntas, os ânimos foram se acalmando,
nosso amigo Felipe, foi se aconchegando, começou a ter afinidade,
a turma encontrando o ponto da posteridade, muita sensatez,
o clima de desespero virou altivez, Todos se exaltavam a uma só voz,
ainda bem professora , teve pena de nós!!!!
A prova não está tão complicada, analisando, a mente ficou aclarada,
vamos entregar agorinha, senão a senhora pega engarrafamento na estrada,
Eta turma da pesada, lamentaram sem saber da dificuldade,
com isso puderam perceber, o quanto reclamam sem querer,
basta ter paciência, fazer uma análise detalhada, abraçar a perceber,
temas que parecem pesados, assuntos complicados , são leves de entender...

Devaneio

Quando me ponho a pensar, seu nome não quer calar,
Não consigo esquecer, aquele lindo entardecer,a noite quase a instalar
ele me instigava, eu adorava!!!! Foi bom florescer,foi bom te conhecer,Mas o tempo parou, as delícias se esvaziaram, nossos sonhos te buscaram,
\\venha para perto de mi, venha florescer, nas montanhas de Minas, isso é puro prazer,

Sumiço

Foi uma química mágica,parecia feitiço,
quando de repente, vira sumiço,
o que será que move sua mente?
Amores, fantasias ou está carente?
Não sei o que sente,
diz coisas lindas, até faz poesia,
de repente, tudo se esvazia,
me ponho a questionar: qual será seu lugar?
Na terra, no ar ou no mar?
Se for na terra, pode se aproximar,
aqui existe afeto, amor para transbordar,
Se for no ar,
pode voar, lá existe leveza,
estará pronto para levitar,
seu suspiro percebido, alçará um voo rasante,
pois em altos limites, está nossa história exuberante,
Se for no mar,
vamos submergir, cair nas profundezas desse sentimento,
deixar as águas banharem nosso acalento,
Que doce será o vento, soprando em nosso relento,
Vamos ficar a mercê de tantos movimentos,
Mas, onde estás agora?Sumiu, foi embora,
será que se esconde ou sua alma chora,
estás triste? Alegre? Qual sua reação?
Onde está aquela paixão?
Avassaladora, arrebatadora, que feriu meu coração,
Meu doce ausente, meu coração ainda sente, muita atração,
será que está em lugar incerto?
Venha em pensamento, deixe chegar a contento,
estou com saudades de nós, da brisa e do vento....