escrito
escrito

Antepassado

Antepasssados" Não importa qual o tempo,
nada como reviver momentos,
Impregnados na gravura,
Uma verdadeira literatura,
Tempos passados,
Moinhos de ventos acabados,
Frescor de lembranças ,
toscas com talhos de menina,
Minha recordação abraça os tempos idos,
Vividos por uma época de integridade,
Serenidade de almas em devoção,
Como me reportar ao passado sem emoção?
Inesquecível ilustração !!!!

Jurisdição Voluntária e Contenciosa

Jurisdição Voluntária X Jurisdição Contenciosa ( para meus futuros alunos do curso de Direito,,9º período)
" Realidades bem diferentes,
aspectos e finalidades desiguais,
Uma tem natureza genuína e a outra não mais,
A jurisdição, é poder de dizer o direito,
mas a dicotomia das epécies, foi o ajeito,
O legislador dividiu o objeto, de acordo com o pleito,
A voluntária , não tem conflito, trata-se de negócio jurídico,
pois a função é meramente adminsitrativa, previnindo o juízo,
A amistosidade do processo, não impede a defesa,
há citação e a matéria fica ilesa,
Não assume a jurisdição voluntária outra natureza,
sempre será sem partes , eis a sua riqueza,
Melhora a pacificação do caso concreto,
pior que um mal acordo , é alimentar desafeto,
Há a aplicação do contraditório processual,
pois fala-se em citação procedimental,
Não podemos afastar a coisa julgada formal,
As sentenças exaradas,,,sempre enfrentam o factual,
Não impede a renovação do que foi julgado,
Pois a imutabilidade é coisa do passado,,
Na jurisdição contenciosa, é nítida a contenciosidade,
Pois a lide se estabele entre as partes de verdade.
A citação é feita dentro dos moldes legais,
Mas a condução do acordo, ainda esbarra nos Tribunais,
Morosidade e dúvidas no tema estabelecido,
Falar em litígio, deixa o juiz envolvido,
Ele despacha e fixa o ponto controvertido,
Nada como navegar nas plagas da amistosidade,
Melhor que ter nas mãos a simples morosidade,
Prefiro as questões submetidas à Jurisidção voluntária,
existe destreza no julgamento, a questão não fica postergada,
Anima-se o percurso até atingir a coisa julgada,
Nada mais lindo que a Jurisdição voluntária,
pois o negócio está nas beiras da vontade judiciária,
O juiz exerce função meramente administrativa,
Assim caminha o processo rumo a solução,
Melhor que sentenciar e a verdadeira pacificação,
Nem tudo são flores nesse palco iluminado,
A jurisdição contenciosa sempre passa o recado,
Torna o caso bem solucionado,
E a consequência da sentença é sofrer o trânsito em julgado,
Como gosto dessa relação extremada,
melhor que lamentar, é resolver a charada,
Advogado esperto não dorme na estrada,
Lança canoa como barca furada,
Mas, consegue atingir a meta decifrada,
Então, queridos alunos, melhor esperar a chegada,
A professora vai começar quase de madrugada,
Irei a Passos, ensinar a moçada,
Espero novamente, ser bem recepcionada!!

Jabuticaba

" Eita fruta gostosa,,Preciosa no paladar,,difícil de encontrar,,apenas no pomar,,Prefiro as andanças a beira mar!! Mas lá, nunca irei desfrutar, dessa doce frutinha,,pois o sabor da pretinha , se encontra na terrinha,,,Terra firme e do sertão..Temos a temporão,,Jabuticaba no galho e no chão,,Adoro essa animação! Gosto doce e azedo, uma simbiose de perfeição..Adoro jabuticaba,,colhida sempre na mão..Muito se faz com a danada,,desde licor a doces rabanadas,,,Minha jabuticaba gostosa,,melhor parar com essa prosa,,,Meu amigo diz , que mineiros, beneficiamos o ano inteiro,,Pobre essa mineira,,que para desgustar , tem que correr até a Jabuticabeira,,,e assim mesmo, o tempo é limitado,,Agora , quem quer jabuticaba,,,só se for no Mercado,,Assim mesmo, corre o risco de ficar sem o doce esperado.Ai , que vontade que dá!!
escrito