Marginalização

É triste  a roupa da marginalização
Suja, sem condição
Por mais que se tente lavar
Sempre haverá um resíduo a manchar
Tristes crianças
Como será o futuro
A marginalização rompe a liderança
Aprisiona os  ideais
Pobres marginais!
O abrigo da pobreza
é a certeza do não   dividir
Os marginais sempre estão a pedir
Feliz quem tem para doar
Maravilhosa a ação de dar
Somente a doação não é a solução
Melhores condições de trabalho
Ofertas, que não apenas quebram o galho
Mas sutentam o homem de forma precisa
O importante não é dar comida
O necessário é valorizar a vida
Pobres jovens, uns se jogam na bebida
Outros, sustentam o vício pela falta de meta a ser seguida
Será que um dia , esse pária da  sociedade
Terá vida  de verdade?