Navegar é preciso

Moro no paraíso, me fecho nesse espaço
mas quero ir, em busca de meu  compasso
Se ficar na inação
perderei a razão....
Quero buscar novo horizonte
descer rios e montes
Subir, imergir e dali não sair
Quero uma navegação  com perseverança
me embalar nessa dança
retomar meu espírito de criança
quem abandona o barco
fica apenas na lembrança
Vamos extinguir nossa mágoa, nos jogar  nessa água
submersão total
navegação parcial
Pois a viagem também cansa,
Vamos ver no que vai dar
não é luta nem jogo de azar
São  duas almas querendo navegar
A navegação será lenta....
não temos pressa de chegar
O importante é navegar, dar impulso
ir  em busca de novas vibrações
remar as emoções
Vamos, a calmaria está se aproximando
não  enfeixemos  o riso,
navegar é preciso....