Amigo Délio Malheiros

Menino de Iamarandiba
De lá tão cedo partiu
Tentar a vida na cidade grande
Seu destino seguiu
Formado em Direito
Isso é bom lembrar
Sua carreira iniciou e começou a advogar
Deixou suas raízes, naquela cidade pequena
Enfrentou a saudade com a alma serenahorizontes
Como és dedicado
Fez bacharelado
E se  tornou deputado
Aqui convém lembrar
Querido primo Malheiros
Seu perfil é de homem guerreiro
Abandonou a cidade do carvoeiro
Conheceu vários De BH até outras fontes
Sua irmandade é numerosa
Família unida com conquistas grandiosas
Aqui lembro em especial
De um jovem genial
Seu nome é Hamilton e é juiz federal
Gostaria de perto acompanhar
Seu trajeto polítco já é de se admirar
Pois a coletividade com Délio só tem a ganhar
Minha infãncia em Itamarandiba ia passar
Naquele tempo quem podia advinhar
Que o triunfo político ia iniciar
Dedicado as causas sociais
Afastou-se de seu caminho interesses individuais
Homem de reputação ilibada
Para  ele não tem dia nem noite, vale até a madrugada
Tenho  vontade de um dia poder reencontrar
Aquele razpa faceiro que na moto queria montar
Subia a rua Diamantina que parecia um Jaguar
Saudades de Itamarandiba sempre me faz recordar
Da casa de minha tia onde eu ia passear
Esse elo forte teve um início
Torço que venha em Paraíso
Aproveito a oportunidade para registrar
Meu querido Délio Malheiros
A câmara legislativa só tem a ganhar
Sua postura brilhante sempre irá te beneficiar
Homem de vida modesta, continue a lutar
Por ideais profundos, e a desigualdade sepultar
Defensor do consumidor
Isso me faz alegrar
Na cartilha do consumidor, letrada quero ficar
Meu amigo querido, sempre irei te acompanhar
Sua trrajetória é marcante
Aqui ou em outro lugar
Assim vou terminando essa rima popular
Mas reforço meu sentimento de um dia poder te abraçar