Naquele Dia

Que saudades que sinto,
daqueles ternos momentos,
parecia que acontecia,
era  leve como o vento!
Que saudades daquele tempo,
foi único, puro contento...
Saudades das horas, saudades da alegria,
se soubesse que seria a última,
morreira naquele dia....
Desfaleceria em seus braços,
adormeceria em seus abraços
viveria tudo , naquele dia...
Percorreria todo seu trajeto,
roubaria seu afeto....
Praticaria uma contravenção,
não sairia correndo
ficaria mais um tempão.....
Naquele dia, depositei minha energia
respirei profundo, tudo era magia..
Quero de novo aquele dia,
beber toda sua simpatia,
desvendar seus tenros segredos,
desvetir sua alma,
desfazer os seus medos....
Naquele dia, tudo seria diferente,
mas o tempo não ajudou, nos atirou pela frente
Deu um salto enorme,
a saudade ficou demente
Que saudades me amor,
aquele dia ,ficará eternamente.......