Dor

Saia de mim dor,
não esperava que fosse assim
Essa dor chegou e não tem fim..
Dor, que  consome minha pele
dor, que nada pede
A não ser minha paciência
minha dedicação e eficiência
Tudo tem de ficar mudado
busquei a invenção, recriei o inventado
Agora estou nessa dor,
driblando meus tenros pecados
dor no meio, dor de lado
dor, existe para todo meu corpo delineado
Dor, existencial ,carnal
triste esse mal!
Dor, não permita essa continência,
dor , também é ausência
de você do meu lado
de você bem colado
Poderia enfraquecer  essa dor
com seu carinho e  amor
Você está bem longe,
bem perto de mim
dor vá buscar esse remédio
e traga ele para mim...