Mix de Mineiro com Gaúcho

Quem diria que mineiro e gaúcho fosse agradável,
misturando os dois, uma fórmula formidável,
Alegria, sensibilidade e muito traquejo manejável
O mineiro gosta de tudo, olha o mundo com olhar admirável
suas críticas são texturas ,leveduras, seu toque penetrável,
Há profusão no olhar , espera o trem chegar, nunca cansa de sonhar
O gaúcho tem um lindo linguajar, diferente, fala tudo, externa o seu guriar,
é muito bacana essa simbiose, troca de energia, puro poetar,
Quando a retórica do mineiro encontra a do gaúcho: coisa difícil de acostumar,
Um fala uai,, outro fala tchê, que coisa medonha, parece que vão inflamar,
Um fogo quase iminente, uma explosão de mentes, com acervos a celebrar,
Mineiro e gaúcho até podem se casar!
Que coisa , nem precisam pactuar,
basta usar a imaginação, fazer elos verbais, entrosar,
Mineiro é curioso, gaúcho, capcioso ,enxerga no mundo um grande questionar
Mas, gaúcho tem medo de amar, e o mineiro se apaixonar,
quanta falta de coragem, isso é bobagem, queiram se entregar,
O amor é universal, tem uma partitura sui generis, não precisa do tatear,
Basta a sintonia de almas, o puro namorar, mineiro e gaúcho , um dia irão se encontrar, fazer dessa vida uma poesia, transformar os costumes em magia,
mineiro e gaúcho irão se eternizar,
O coração de mineiro fala e do gaúcho embala, destilam raios a iluminar,
O som fica mudo, quem irá duvidar?
Mineiro gosta de queijo, gaúcho de chimarrão, que linda fusão,
Gostosa essa prosa, mas é bom parar, pois esse verso está virando ilusão,
destilando amor no ar,há um risco de explosão,
mineiro vai ficar queimado e gaúcho machucado nessa alta temperatura,
pois os dois nasceram um para o outro, isso já virou literatura......