Bloqueado

Não entendi o bloqueio
feio essa atitude,
denota falta de magnitude
Nunca poderia imaginar,
que um nobre poeta fosse bloquear
O acesso de uma poetisa
que brinca de poetar
Parece brincadeira,
talvez asneira
de uma alma sem beira,
Como fiquei magoada,
desolada,
pois as palavras ditas,
foram gozações ofertadas,
Que ruim , terminou para mim,
esse bloqueio foi falta de elegância,
atitude de petulância
Quem pensas ser
Um ser de outra altitude?
Onde está sua amplitude?
Simplesmente bloquear,
é o mesmo que sepultar,
Lamento sua infantilidade,
tamanha falta de sensibilidade,
o medo é sua cartilha
não gosta nem de ouvir zombaria,
não consegue distinguir ,
nem mesmo sabe ouvir
Se um dia quiser me sentir,
esqueça,sentirá saudades
nossa amizade era sincera de verdade
Pleo menos de minha parte,
ficou registrado a doçura e
esquecerei esse bloqueio, pura falta de partitura
Lamento, que absurdo essa sua amagura..