Engano

Parece samba essa brincadeira
me anima e me joga na lameira
Me instiga e me atira na cabeceira
me coloca de escanteio
Me põe  na frente e me lança para o meio
parece que esta brincando com minha felicidade
Se essa era a intenção
Porque mexeu com meu coração?
Pare de tanta zombaria
já estragaste minha alegria
Brincou comigo por um dia
e agora  mancha essa magia
Nem parece que tem uma alma
se acovarda,  nada te salva
É rampeira sua rude maneira de encantar
foi doce no jeito e sutil no olhar
silente no contato e difícil de encontrar
Quem é você afinal?
Um moço maduro ou um baixo astral
me enganei a seu respeito
te vi de uma forma e te enxerguei de outro jeito
Infeliz seu coração
não cabe amor e nem gratidão
Um conselho vou te dar
ou muda seu jeito de ser
ou nunca irá se encontrar