Te quero tanto

Eu te quero tanto,
como tanto quero
falar com tua alma
desde meu silêncio;
com ondas de beijos
imaginar nossos lampejos,
me detendo em teus delírios.
Eu quisera tanto
não sentir-te longe,
como queria
acender meu fogo
na excelsa chama,
que teu espírito me oferece.
Eu quisera tanto, amor meu,
levar-te ao submundo de
minha fantasia, ali,
onde tudo se converte em poesia,
amor meu!
Eu quisera tanto tecer ilusões,
te banhar de beijos,
te afogar de paixãoes,
brindar-te com um pouco
de minha fantasia, do amor seu,
Quisera , fosse um pesadelo meu,
pois tudo que animou nossa história,
continua abrasivo em minha memória