Multiplicação

Vejo a distância cada vez maior,
não há números, dias, tudo está cada vez pior,
Foi no mês de dezembro, os sinos natalinos se aproximavam,
minha boca pedia, meus sentidos falavam,
Meu destino traçado, por um momento, minhas ilusões gritavam,
você se aproximou, me surpreendeu, revelou,nossos anjos se comunicavam,
na estrada um clarão, revelação e juras de amor eterno,
tudo passou,chegou a primavera, o outono e inverno,
As estações foram percorridas, nada de encontro, apenas uma alma perdida, sonho eterno
vezes estou na terra, no céu e no inferno,
sinto ainda os toques, salientes, envolventes, você é terno
Quero uma multiplicação, soma, nunca divisão, você foi fogo, paixão, ternura
sempre pensei em você, para te amar e bem querer, és meu anjo e minha candura,
verdadeira operação, não é chuva de verão, penetrou em mim, virou verdade e jura...