Silêncio

Meu silêncio é meu culto, minha alegria e meu luto
nele ficarei submersa, apática, dispersa,
Erguerei  novos pilares, mergulharei oceanos  e mares,
Profundidade absoluta, meu silêncio será minha luta
Lutarei por não falar, quero sempre o calar
As palavras ficarão ocultas, a sinalização respeitada,
estarei livre de multas,
Meu silêncio  me trouxe lembranças, prazeres e destemperança
Abrigou muita ilusão, carinho e decepção
Tornou inviolável meu sentido, me concedeu nova visão,
fez reflexão, meditação, supervisão do meu eu,
enfraqueceu a loucura restaurou o que era seu,
Nunca fui dona do que imaginava, engano, a fala me  ludibriava
Meu segredo  é meu  silêncio, ele encanta, ele me recoloca,
extrai belezas ocultas, mexe comigo, me toca
Silêncio voraz, fera , feroz
ele está caminhando de forma veloz
cada dia me escondo , encoberto,
silêncio ora  é deserto, de trasngressões, novas emoções
mas optei pelo silêncio, ele irradia boas vibrações,
Quero traduzir sua fala, meu  slilêncio exala,
o que está latente em mim,
ele é começo, meio e nunca será o fim...