Compartilhando

Mesmo sem te conhecer, quero que venha saber,
de minhas alegrias e tristezas, momentos de nobreza,
sensações de encantos, ternura e sutileza,
Eis que você já existia, isso eu já sabia,
que em um centro muito grande, na capital,ou qualquer lugar, você surgiria,
De forma visual, textual , fotográfica, mas, já foi meu um dia,
Várias semanas e meses, talvez toda uma eternidade, na mocidade e em fantasia,
És minha alma gêmea, com você compartilho, minhas glórias pessoais e profissionais,
és de minha confiança, jorra fidelidade , sinceridade, pois é minha identidade,
Quiça te ter fisicamente, por perto e de repente, seria uma enorme felicidade,
pois já constitui o núcleo do meu ser, meu centro , meu rebento ,minha cumplicidade...