Cutucada

De repente ela surge, seja noite ou madrugada,
vem chegando de mansinho, aquela gostosa cutucada,
Me pega de surpresa, estou na tela, desajeitada,
inesperadamente vem chegando,aquela cutucada,
Ela é tênue, vem em embalada e ora sossegada,
me envolve em seu mundo, me atinge as profundezas, ela é intencionada,
Cutucada e mais cutucada, isso não tem parada, ora veloz ora fica abandonada
Pois nem sempre é possível, retornar a sua chamada,
A cutucada ás vezes é profusa, outras superficial, ela é uma cantada virtual,
Nem sempre assume essa roupagem, cutucada ora é importante, ora mera bobagem,
forma de chamar a atenção, alertar o coração, colocar o corpo em erupção, carinho e embalagem, nobreza e vassalagem, cutucada vem a todo momento, no meu rosto, no meu assento, cutucada é um embalo, que dá alento, me tira o tormento,
cutucada como gosto de seu jeitinho, isso é forma de carinho, fomento,
cutucada, fica aqui registrado o quanto gosto desse movimento....