Vivendo às avessas

Em minha casa tem momentos felizes
Momentos tensos ,  e momentos de tantas matizes
Tem dia que o sol  é  reluzente
Outro se esconde , diante de pessoas descontentes
Dia, a união é a meta
Outros, a discórdia  é a seta
Gostaria de viver todo dia da mesma maneira
Chegar sempre  com  sorriso de menina faceira
Ganhar um abraço  da turminha verdadeira
Ser amada de forma  constante
Não,  descompassada  em  rompante
Me entregar a doce alegria  do viver
Ser do mesmo jeito , a cada amanhecer
Quero muito me fazer feliz
Pois se depender das pessoas, nem sempre isso  condiz
Vou me despojar de coisas inúteis
Lastrear minha vida de coisas não fúteis
Ser feliz a qualquer preço
Do meu fim  farei o começo