Altas horas

Altas horas, tudo chora, a saudade de você , agora , devora, Altas horas, ignóbil sentimento de espera, porque,, era e demora chegar o agora,,Depois, foi e muito me apraz reviver tudo, Agora, é hora de curtir essa dor que mata, pois chata a sensação da saudade, doída as valas da sensibilidade, prefiro as plagas da motricidade, Chora peito de vontade, invade as entranhas de minha visão, me dê a mão, venha a meu encontro, estabeleça o ponto , Preciso de sua presença. querença animal, vontade de estar com você nos jardins de meu quintal, Varal que acolhe sonhos de variadas cores,nada de amores , apenas você,,,meu maior bem querer,,,