Plástica corporal

A plástica corporal
melhora o visual,
virou moda, algo especial
Mas existe o embaraço, a possibilidade de efeito inverso
 ela retira  excessos, muda o mundo ex adverso
Altera a aparência, mas fica inalterável a essência,
Ela dá novos contornos, deixa corpos delineados,
define corpos malhados, mas não mexe naquilo que está incrustado
Não é capaz de modificar sua espiritualidade,
apenas transforma a vaidade,
Eleva sua estima, lustra sua imaginação,
suga o que parece feio, mas não consegue atingir o coração....
Ele continuará intacto, seu invólucro selado, pura emoção.....
A plástica é uma porta sempre aberta, resolve seu complexo,
coloca o corpo em alerta,
Uma plástica pede outra e assim sucessivamente,
o que o bisturi não consegue, é formar nova mente,
Nossos valores nós mesmos definimos, não há cirurgião
que faça incisão naquilo que sentimos
Nossos indicadores morais,ficam latentes,
a plástica não atinge essas vertentes,
Apenas coopera com o visual, casual,
substitui , inclui  algo , deixa a pele jovial
A vontade maior    é de penetrar, aprofundar,
isso a cânula consegue, mas  não aspira seu modo de lidar,
com as coisas do cotidiano, novas fórmulas criar,
a plástica só atinge a derme, a epiderme, as camadas profundas,
a plástica segue seu trajeto,
nós parecemos reféns, desafetos,
melhor aceitarmos as condições,
suportar  as imperfeições
Criar nova forma de vida, acabar com as feridas,
ame seu corpo, ele é perfeito, não busque essas saídas....