cidadão

Cidadão " Conceituar cidadão do ponto de vista legal é algo memorável,
já está instados nos livros e tantos outros tratados,
O que é o cidadão do ponto de vista da Solidariedade?
se em tempo de paz é querido e de guerra haja piedade!
Ora, parte de um povoado ou uma coletividade?
Não, o cidadão é o amigo da própria noção de irmandade,
O cidadão tem direitos a uma cartilha infinita de felicidade
franqueando seu estado de cidadania , encontra a tal igualdade,
Mas , onde estão as cartilhas que ordenam a fraternidade?
Uns engolem aos outros nessa tal sociedade,
A língua é o benefício daqueles que acham saber da verdade,
Nessa ordem de comando , surge o cidadão arrogante,
pretende apregoar teorias nesse mundo gigante,
O que será das crianças na ciranda da vida?
Nada mais que esperanças de uma ilusão já perdida,
Girando em torno da terra, perde-se a noção de espaço,
mitigando objetivos de uma vida ,os ideais já escassos,
Nessa terra dos sonhos e das vontades contidas,
ser cidadão nada é que , estar de bem com a vida!!!