Aninhando

Se aninhando" De mansinho, aninhando em um cantinho,
Acomodando-se em um espaço de amor,
Assim é o homem em busca do beija flor,
Néctar que extrai o sentido da vida,
bebe o homem sua própria bebida,
Some as bagagens doloridas,
em busca de um abrigo que aconchega,
O homem sai do perigo atual,
rechaça o mal que sofre e chega,
Nas plagas da ilusão e felicidade
,
escondida na caverna da mocidade,
Tantas lembranças envelhecidas,
adormecidas no leito de coisas vividas,
No aconchego da hora que voa, 
o homem alimenta a vontade que apregoa,
Faz de seu casulo um ninho de amor e felicidade,
não satisfaz só e parte em busca da cara metade,
O homem nasceu para ser amado e socializado,
Não há solidão que aguente o abandono isolado..