Helena ( Luis Antonio dos Santos)

Luís Antônio Santos Helena, deusa de Atenas, dispensas ruivas, louras e morenas, não és somente bela, és exótica! encantos de raça nórdica, traços seus, decodificados por Zeus, deus do céu e do trovão, és um tremendo mulherão!! elogios à parte, sou de Vênus, és de Marte, madura e soberana, pele delicada e sensível como porcelana, escraviza homens sem perceber, inunda ambientes por onde percorrer, rainha não, princesa, sangue azul de realeza, o universo conspira, você estará sempre na minha mira, anjos astrais protegem seu ser, reconhecem sua inocência e seu poder, Senhora Helena poetisa, cigana e feiticeira, me marcastes pela vida inteira...