Diamantina

Diamantina" Pedras e diamantes,
brilhos reluzentes de um espaço
Pedaços de esmeraldas em compasso,
Diamantinas das histórias dos morros uivantes,
cidade das pedras e diamantes,
Diamantina, a rua do Macau com traços exuberantes,
Os Becos e largas praças com toques extravagantes,
Diamantina se faz presente nas plagas onde andei,
Passando por Milharal as cachoeiras avistei,
Diamantina das ladeiras morro a cima,,
Chegando nas miragens das campinas lá de Minas,
Irmandade em coral se faz nascer,
Diamantina , terra que me viu crescer...
Tem o Hotel Chica da Silva, velhos os telhados,,
o Mercado Municipal com relíguias do passado,
Assim me recordo da querida Diamantina,
Onde os traços trago nas lembranças de menina,
Diamantina , terra dos históricos desbravadores,
Homens de grande nobreza, da terra conquistadores,
Diamantina minha doce recordação agora aflora,
Dessa terra encantada nunca irei embora,
Trago seu semblante em meu coração já esmagado,
Pois são doces os momentos me reporto ao passado,
Diamantina das pedrarias e vitrais ,
esquecer terra querida? Isso, Jamais,,,