Distancia, Meros obstáculos ( homenagem a irmã amiga Soraya e Ernane )

Distancia entre nós , apenas um espaço delimitado,
por traços, limites de velocidade escasso,
Distancia, porque a determinação dos limites?
Distancia, porque em mim fez habite-se?
Nada dói, além da distancia que debilita,
Ondas de fúrias ocultas em um corpo que hesita,
Distancia , noção territorial , não mais que espacial,
Distancia, jamais separação de nós ,
d

istancia , afastando o som oculto da voz,
Porque falarmos em distancia como óbice do amor?
Se o que mais me aquece é o infinito calor,
Os toques ofegantes , não posso dar,
As mãos enebriantes, não terei como deslizar,
As sensações de estertor apoplético, não tenho com ofertar,
o rubor na face, basta imaginar,
Pois a distancia flagela o verbo amar,,
Que distancia é essa? Incapaz de me anular,
Distancia, tão próxima de mim,
não passa de quilometragens sem fim,,,

Curtir ·  ·